entre chegar e partir

procurar bem perto e ao redor

a chave o fruto maduro

o cerne da questão

e fazer o pão

amassar o trigo

amansar a noite

com mil e uma lendas

acerca do tempo e do amor

acompanhar o próprio enterro

certo de que fez aqui

tudo que lhe coube

e se não fez mais

é porque não soube

ou não pode

neste curto longo espaço

entre uma curva

e o depois

maresia

Mar ou ar

Flor ou cor ?

O que importa se ao te ver

Caem por terra todas as minhas convicções ?

Tudo que defendo ou nego fica pequeno

E eu me vejo

Paralela ao mundo

A traçar diagonais e círculos

A falar pelos olhos

A olhar em silêncio

Evitando chegar tão perto

De onde não seria mais permitido

A mim ou a você

Partir ou chegar