georreferenciando

REFERENCIAR

 

a linha que se estende

de mim até o horizonte

se afasta do dia-a-dia

me leva a outras paragens

 

o fio que me liga ao passado

se esgarça enquanto outro se fia

 

o que fomos ou sonhamos ser

se esvanece transmuta realiza

 

e diante do que foi  pleno ou vazio

me deparo com o novo o antigo

alegria calor frio

e novas geometrias

lugar incerto

lugar

.

o céu está carregado

pode ser que chova

talvez um pequeno peixe dourado

salte do aquário nessa hora

não há o que fazer

os mortos saem a passeio

visitam-nos

batendo de porta em alma

trazem notícias

.

o silêncio está cheio de sons

mas não há tradução

nosso vocabulário é pobre

quando se trata do que não sabemos

e nesse lugar tão perto e longe

não há mapas dicionários ou manuais

só uma brisa

pouco mais que um sopro

ou mesmo um nada

lugar 2

definitivo

noite ou dia – não mais
só um ponto
águas divididas
estreito rio

não há sol ou frio
nem expectativa
talvez alguma dor
de saber a um passo
e nunca mais