querer

Abrir a janela pro sol

e vislumbrar uma gorda manhã

atravessar o pomar das questões difíceis

a horta das mínimas coisas

sorrir pras crianças na porta da escola

e seguir sem pressa

.

Queria muito

você na varanda esperando por mim

dizendo que voltou

e que veio pra durar

um tempo de poemas e colheitas