querer

Abrir a janela pro sol

e vislumbrar uma gorda manhã

atravessar o pomar das questões difíceis

a horta das mínimas coisas

sorrir pras crianças na porta da escola

e seguir sem pressa

.

Queria muito

você na varanda esperando por mim

dizendo que voltou

e que veio pra durar

um tempo de poemas e colheitas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s