nem sempre seremos felizes

alegres talvez, a maior parte do tempo

por coisas pequenas, diárias, fugazes

exercitando a alegria como um hábito

um banho morno, flexões ao acordar

uma boa risada, encontrar velhos amigos

fazer as pazes, brincar com crianças

ver Tom e Jerry, dançar um merengue

no meio da sala, ainda que só

 

raramente seremos o máximo

mas a média tem suas vantagens

como o anonimato sem compromissos

as besteiras que não são notadas

o beijo roubado que não sai na mídia

 

nem sempre seremos tristes

é só questão de tempo

esse sim dono de todos (os) nós. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s