perto de chegar

Não morro cada dia um pouco

Como dizem por aí ou como querem alguns

Morro muito às vezes e nada em outros momentos

Da mesma forma que certas coisas me fazem feliz

E outras não me passam nada

 

Quem mora em mim agora me diz que devo ser mais

Não especifica mais em que

Por isso vou sendo ao meu bel prazer

mais preguiçosa, mais sensível

Mais água e menos molde

 

Não ganho nada com isso, tão pouco perco

Estou cansada deste olhar capitalista

Até mesmo sobre a existência

Existir, por si só, já é tão difícil

Precisa ter preço ?, cotação na bolsa de futuros?

 

Meu futuro não vale tanto, nem tão pouco

Ele será qualquer coisa de bem comigo

Algo como um lago, um sonho, um sorriso

 

De todas as vidas que vivi e morri, de algumas renasci melhor

De outras (como daquela em que te amei) não pude me recuperar

As cinzas estão por aí, dá pra sentir algumas delas

Em dias de ventania, um pouco antes da chuva

E quem me conhece pode perceber o luto ainda

Por esta (aquela) que sonhou ser feliz

 

Agora, de futuro e de passado, faço uma colcha de retalhos

Algo do que vivi se embaraça com o que quis e não pude

Com o que desejei e não tive coragem

Com os castelos de areia que esfarelaram em minhas mãos

Com os momentos em que quase cheguei

Mas minhas asas derreteram antes do tempo

 

 

Uma colcha de retalhos e algumas fotos em preto e branco

Meu mundo de mais ninguém

Minha verdade tão parecida com qualquer outra tão inventada

A solidão concreta no assombro da noite

O susto de não reconhecer no corpo ao lado

Um porto ou porta, não decifrar o cheiro e nenhum sonho

 

Já morri sim, tantas vezes

E nesta que sou hoje, você talvez jamais reencontre

Alguém que se julgou capaz de reinventar o mundo

De deixar uma marca própria nesta desidentidade global

Nem aquela que um dia jurou amor eterno

E precisou se matar tantas vezes

Para arrancar de si essa obsessão

Um comentário sobre “perto de chegar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s