duo

o dia passa

você nem vê

dedilha o piano

juntos sonham segredam

.

a noite cai

a música persiste

infiltrada nos móveis

da sala dos meus afetos

.

do longe da minha janela

te adivinho debruçado

no teclado branco brando

mãos compridas dedos ágeis

.

o som embala o tempo

o romance que leio

e me leva onde moram

coisas belas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s